YouTube suspende rede dos EUA por desinformação

26 de novembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Uma rede dos Estados Unidos foi suspensa do YouTube por uma semana por causa de um vídeo que a plataforma de mídia social diz que violou sua política de desinformação sobre coronavírus.

Na terça-feira, o conservador One America News Network (OAN) foi suspenso de enviar vídeos e transmissões ao vivo para o YouTube por uma semana. A plataforma, de propriedade do Google, também suspendeu a OAN de seu Programa de Parceiros, que permite que os canais ganhem dinheiro por meio de publicidade e assinaturas.

A suspensão foi imposta por um vídeo que o YouTube determinou que violava suas regras sobre a pandemia, que incluem não compartilhar informações incorretas sobre tratamentos do vírus.

“Desde o início desta pandemia, trabalhamos para evitar a disseminação de desinformação prejudicial associada ao COVID-19 no YouTube”, disse Ivy Choi, porta-voz do YouTube, em um comunicado compartilhado com a VOA. “Após uma análise cuidadosa, removemos um vídeo da OAN e emitimos um aviso no canal por violar nossa política de desinformação COVID-19, que proíbe conteúdo alegando que há cura garantida.”

O YouTube não disse diretamente o que o vídeo mostrava.

Fontes