Trump despede oficial que endossou a integridade do processo eleitoral

18 de novembro de 2020

Donald Trump
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Agência VOA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, mais uma vez aproveitou as redes sociais para anunciar a demissão de um alto funcionário de sua gestão, no caso, Chris Krebs, diretor da Cybersecurity and Infrastructure Security Agency (CISA) , por ter expressado sua total confiança em um processo eleitoral que projeta que o democrata Joe Biden será o próximo presidente do país.

“A recente afirmação de Chris Krebs sobre a segurança das eleições de 2020 foi altamente incorreta, visto que houve tantos atos inadequados e fraudes - incluindo pessoas mortas votando, observadores eleitorais que não foram admitidos nos centros de votação, 'fracassos' nas pesquisas. máquinas de votação que mudaram votos de Trump para Biden, votos atrasados e muito mais ", disse o presidente em duas mensagens no Twitter.

Todos esses foram argumentos usados tanto pelo presidente Trump, quanto pela Casa Branca e por representantes do Partido Republicano, quando vão a tribunal para contestar a contagem em alguns estados em que as projeções indicam que o democrata se autoproclamará vencedor.

Apesar de já terem se passado duas semanas desde as eleições presidenciais de 3 de novembro e de todas as projeções apontarem para uma vitória sólida de Biden, o presidente republicano ainda não reconheceu sua derrota.

Fontes

Compartilhe
essa notícia: