Papa Francisco expressa "preocupação" com prisão de bispo na Nicarágua

22 de agosto de 2022

Papa Francisco
link=mailto:?subject=Papa%20Francisco%20expressa%20"preocupação"%20com%20prisão%20de%20bispo%20na%20Nicarágua%20–%20Wikinotícias&body=Papa%20Francisco%20expressa%20"preocupação"%20com%20prisão%20de%20bispo%20na%20Nicarágua:%0Ahttps://pt.wikinews.org/wiki/Papa_Francisco_expressa_%22preocupa%C3%A7%C3%A3o%22_com_pris%C3%A3o_de_bispo_na_Nicar%C3%A1gua%0A%0ADe%20Wikinotícias Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O papa Francisco expressou preocupação no domingo com a situação na Nicarágua, onde a polícia deteve vários clérigos católicos – incluindo um bispo – que criticavam o governo do presidente Daniel Ortega.

“Acompanho com preocupação e dor a situação criada na Nicarágua que envolve pessoas e instituições. Gostaria de expressar minha convicção e meu desejo de que, por meio de um diálogo aberto e sincero, continuem a ser encontradas as bases para uma convivência respeitosa e pacífica", disse o papa de 85 anos a milhares de pessoas reunidas na Praça de San Pedro pelos seus habituais comentários aos domingos.

As declarações do primeiro papa latino-americano sobre a Nicarágua ocorrem apenas dois dias após a prisão de Monsenhor Rolando Álvarez, bispo crítico do presidente Daniel Ortega, que foi removido à força do Palácio Episcopal para ser transferido para a casa de seus parentes em Manágua, onde ele está em prisão domiciliar.

Sete pessoas que acompanharam os religiosos na casa paroquial estão detidas na prisão conhecida como El Chipote sob investigação, segundo a polícia nicaraguense.

Antes do ataque na sexta-feira, as autoridades nicaraguenses acusaram o bispo de incitar o ódio e a violência.

A Polícia Nacional confirmou as detenções e disse que a operação foi realizada para que os cidadãos e famílias de Matagalpa recuperem a normalidade. Ele não citou acusações específicas.

Noticia relacionada

Fontes