Manifestantes pró-Trump em Washington

15 de novembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Manifestantes se reuniram em Washington ontem em apoio ao presidente dos EUA, Donald Trump, e suas alegações não comprovadas de fraude na eleição presidencial.

Vários comícios foram realizados, incluindo a marcha de um milhão, um evento de mulheres a favor de Trump. Donald se recusou a aceitar a vitória de Joe Biden. Os funcionários eleitorais estaduais não reportaram nenhuma irregularidade grave na votação que pudesse afetar o resultado da corrida.

Cerca de duas horas antes do início de comícios pró-Trump, o presidente passou de carro pela avenida Pennsylvania, sorrindo e acenando para alguns dos manifestantes que tinham vindo mostrar o seu apoio.

A comitiva então levou Trump para o seu campo de golfe homônimo na vizinha Virgínia do Norte para uma partida de golfe. De regresso à Casa Branca, o presidente novamente passou de carro sob aplausos de apoiantes, reportou a Fox News.

Os comícios foram promovidos por personalidades da imprensa conservadora e também por nacionalistas brancos. Algumas brigas tiveram inicio, de acordo com a imprensa.

Trump twittou na sexta-feira: “É emocionante ver todo o apoio tremendo lá fora, especialmente os comicios orgânicos que estão a surgir em todo o país, incluindo um grande no sábado em D.C. Eu posso até tentar passar e dizer olá."

Não está claro quantas pessoas apareceram em Washington, e o departamento de polícia da cidade não estima o tamanho da multidão. Uma pessoa foi esfaqueada nas brigas e 20 pessoas foram presas. Dois policias ficaram feridos.

Fontes

Compartilhe
essa notícia: