Lisboa: ruído na Baixa pode criar problemas no repovoamento

28 de dezembro de 2009

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O ruído está a atrasar o plano de pormenor da baixa pombalina lisboeta, plano concluído pela câmara municipal no verão, a espera de aprovação. Em causa estão os elevados níveis de poluição sonora e atmosférica, proveniente do tráfego automóvel, que pode vir a subir para valores elevados, podendo levar as autoridades a impedir o desenvolvimento de habitações ou equipamentos escolares no coração da capital Portuguesa.

O vereador do urbanismo, Manuel Salgado afirmou "A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo emitiu um primeiro parecer sobre o plano em que alerta para a questão do ruído", sendo que em breve irá questionar aquela entidade, no sentido de perceber quais os pontos que necessitam de novas soluções. Paralelamente, estudam-se novas soluções, como alterações na gestão de tráfego ou a pavimentação de ruas, a fim de minimizar os níveis de poluição.

Fontes