17 de novembro de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A Finlândia anunciou ontem (16) o fechamento de quatro dos nove postos de controle em sua fronteira com a Rússia.

O primeiro-ministro finlandês, Petteri Orpo, fez o anúncio hoje em entrevista coletiva e anunciou que o país fechará a partir de amanhã (18).

As autoridades fronteiriças finlandesas anunciaram que o número de requerentes de asilo, anteriormente menos de um por dia, atingiu 280 desde setembro passado.

O primeiro-ministro Orpo disse que a decisão seria revogada assim que o fluxo de requerentes de asilo fosse reduzido. A maioria dos requerentes de asilo são do Iraque, Iêmen, Somália e Síria que a Rússia, informou a Deutsche Welle (DW).

No dia 25 do mês passado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia notificou o Embaixador Finlandês na Rússia que o acordo entre os dois governos para cooperação fronteiriça terminaria em 24 de janeiro do próximo ano.

Antes disso, em março, um mês antes de aderir à Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), a Finlândia tomou medidas para reforçar a sua fronteira, incluindo a instalação de arame farpado e equipamento de vigilância noturna numa seção de 200 km da fronteira com a Rússia.

A Finlândia faz fronteira com a Rússia de aproximadamente 1.300 km.

Fontes editar