Empresário chinês Jack Ma desaparece após embate com governo

4 de janeiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram
Jack Ma

Após dois meses sem ser visto em público, a imprensa internacional especula que o empresário e bilionário Jack Ma, dono no conhecido grupo Alibaba, possa ter "desaparecido" nas mãos do governo da China, irritado com as críticas de Ma ao "sistema regulatório chinês".

Veículos de imprensa internacionais como a AFP, o Telegraph e o Financial Times reportaram o assunto.

Briga de gigantes

Após críticas ao "sistema", os negócios do empresário, incluindo o Alibaba e o Ant Group, do qual é o principal acionista, passaram a ser investigados e acusados de crime de monopólio pelo governo chinês - leia-se o Estado Chinês, ou seja, as autoridades comunistas, o que inclui o presidente Xi Jinping.

Segundo analistas, o que pode estar por trás da acusação é, na verdade, uma proteção aos bancos estatais chineses - já que o Ant Group, uma fintech, estaria ocupando uma parcela do mercado antes pertencente aos bancos.

Outro motivo também pode ser bem mais pessoal - e político - e indispôs Ma com Jinping e o PCC, que o veriam como uma ameaça ao poder, já que ele é considerado o "exemplo mundial do sistema econômico chinês" e, portanto, homem de grande influência no país. Para as autoridades, as críticas feitas por Ma podem levar a críticas mais generalizadas sobre o "sistema", o que precisa ser evitado.

Notícia Relacionada

Fontes

Compartilhe
essa notícia: