Detidas a esposa e a filha do líder do Estado Islâmico

2 de dezembro de 2014

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Terça-feira revelou há nove dias, o Exército libanês preso uma esposa e uma filha de Abu Bakr al-Baghdadi, líder do Estado Islâmico, perto da fronteira com a Síria.

As autoridades disseram que a mulher, identificada como cidadania iraquiana e Saja al-Dulaimi e filha estão sendo questionados pelo Ministério da Defesa do Líbano.

Por seu lado, o jornal libanês As-Safir disse que as forças de segurança prenderam duas pessoas em coordenação com agências de inteligência estrangeiras.

Uma fonte de segurança disse que a prisão foi "um cartão poderoso para aplicar pressão" nas negociações para conseguir que 27 membros das forças de segurança libanesas, captadas por islâmicos, são liberados.

Início apontam para que este era uma criança. No entanto, as autoridades informaram que a mulher de al-Baghdadi e uma de suas filhas.

Também realizou testes de DNA para verificar se a filha do líder. Desde 2010, Abu Bakr al-Baghdadi lidera o Estado Islâmico. Os Estados Unidos oferece até US $ 10 milhões recompensa por al-Baghdadi.

Fontes