Covid-19: informações sobre o estado de saúde de Trump são contraditórias

4 de outubro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

"Qual é a verdadeira situação do presidente Donald Trump?": esta parece ser uma das perguntas que a imprensa dos Estados Unidos (EU) - e mundial - mais se fez ontem, já que as informações oficiais foram evasivas ou desencontradas. Ontem pela manhã, por exemplo, o médico Sean Conley, responsável por Trump, não respondeu aos jornalistas sobre se o presidente precisou de ventilação mecânica, enquanto que Mark Meadows, chefe de gabinete da Casa Branca, disse momentos depois que as condições do presidente eram "críticas". Segundo a imprensa dos EU, fontes não-oficiais revelaram que ele precisou usar oxigênio suplementar devido aos sintomas da Covid-19.

Enquanto o próprio Trump divulgou ainda ontem em seu Twitter que tudo estava bem, no início da noite, no entanto, ele disse num vídeo postado na mesma rede social que na sexta-feira (01/10), ao chegar ao hospital, não se sentia bem. "Vamos ver o que acontece nos próximos dias", acrescentou.

Segundo a CNN, sua mensagem mais recente "foi apenas a última de uma série de informações contraditórias e muitas vezes enganosas sobre sua condição desde que foi transportado para o Centro Médico Militar Nacional Walter Reed".

Trump anunciou na sexta-feira cedo que ele e sua esposa estavam com Covid, mas que ambos estavam bem. No meio da tarde do mesmo dia, no entanto, supreendentemente ele foi levado ao hospital "por precaução", segundo as informações oficiais.

Notícia Relacionada

Fontes

Compartilhe
essa notícia: