YouTube retira 30 mil vídeos por pedido de entidade japonesa

20 de outubro de 2006

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O site de compartilhamento de vídeos, YouTube, retirou cerca de 30 mil vídeos de programas de televisão que infringiam direitos autorais atendendo a reclamações de uma entidade de defesa dos direitos autorais no Japão, que coleta royalties a músicos, informout a entidade no dia 20/10/06.

A Sociedade Japonesa de Direitos de Autores, Compositores e Editoras (JASRAC, na sigla em inglês), que coleta pagamento de royalties a músicos, enviou para o YouTube uma lista com 29.549 arquivos que teriam infringido os direitos autorais de 23 empresas de conteúdo japonesas, informou Massato Oikawa, porta-voz da organização em Tóquio.

Os vídeos, em sua maioria relacionados a programas musicais e de entretenimento de TV, foram descobertos durante uma auditoria de cinco dias feita pela JASRAC no YouTube, informou Oikawa.

JASRACEditar

Dentre as 23 companhias da JASRAC estão as maiores emissoras de TV do Japão, a rede pública de televisão Nippon Hoso Kyokai (NHK), a Associação da Indústria Fonográfica do Japão (RIAJ, na sigla em inglês) e a subsidiária do Yahoo!.

O YouTube no JapãoEditar

O YouTube é bastante popular no Japão. De dezembro de 2005 a março deste ano, o número de mensal de usuários no país cresceu de 201 mil para 2,01 milhões, segundo estimativas divulgadas pela NetRatings, em abril.

Ver tambémEditar

FontesEditar