Votação indica separação do Sudão do Sul

8 de fevereiro de 2011

Bandeira do Sudão do Sul
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Nesta última segunda-feira (7), o presidente da Comissão Eleitoral do Sudão, Mohamed Ibrahim Jalil, anunciou que 98,83% dos eleitores que participaram do referendo sobre a independência do sul do Sudão, realizado em 9 de janeiro, votaram à favor da separação do norte do país. A eleição só seria dada como válida se 60% da população comparecesse às urnas, mas mais de 96% da população participou do plebiscito.

O presidente sudanês, Omar Hassan al Bashir, disse que aceita a decisão de independência do sul do país. O Sudão do Sul é uma região rica em petróleo, porém, com pouca infraestrutura. Dessa forma, os dois países deverão fazer acordos de cooperação mútua, para a exploração petrolífera.


'Hoje nós recebemos estes resultados. Nós aceitamos e recebemos bem esses resultados porque eles representam o desejo do povo do sul'

—Omar Hassan al Bashir

Fontes