Vendas imobiliárias nos EUA aumentaram 25% em julho

22 de agosto de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Conforme a National Association of Realtors (NAR) informou na sexta-feira, as vendas de casas nos Estados Unidos aumentaram um recorde de 24,7% em julho. Julho foi o segundo mês consecutivo recorde de crescimento nas vendas de casas em meio a um boom no mercado imobiliário em todo o país.

As vendas de casas, condomínios e cooperativas habitacionais aumentaram para 5,86 milhões em julho, uma vez que todas as regiões registraram um crescimento de dois dígitos a partir de junho, informou a NAR.

Após uma queda acentuada nas vendas em abril e maio em meio à pandemia, o mercado começou a se recuperar em junho, ajudado pelas baixas taxas de captação.

“O mercado imobiliário já passou por uma fase de recuperação e agora está crescendo com vendas de casas mais altas em comparação com o período pré-pandêmico”, disse o economista-chefe do NAR, Lawrence Yoon, em um comunicado.

As vendas subiram 8,7% no mês passado em comparação com julho de 2019, de acordo com o relatório — e apenas o Nordeste dos Estados Unidos viu um declínio nas vendas ano a ano.

Em meio à forte demanda e à baixa oferta de residências, os preços médios de venda continuaram a subir, aumentando 8,5% no mês para US$ 304.100. O número de casas à venda caiu 2,6% em relação a junho e mais de 21% em relação a 2019.

Fontes

Compartilhe
essa notícia: