Trump assina ordens executivas que contornam o Congresso

10 de agosto de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

No fim de semana, o presidente estadunidense Donald Trump assinou quatro decretos ao mesmo tempo, sem esperar um acordo entre democratas e republicanos sobre os termos de um novo programa de estímulo econômico.

Observe que um dos decretos prevê pagamentos adicionais de US$ 400 para dezenas de milhões de pessoas que perderam seus empregos devido à pandemia do coronavírus. É relatado que esses pagamentos serão 75% financiados pelo governo federal e 25% pelos governos estaduais. De acordo com o decreto, os pagamentos serão feitos até 6 de dezembro de 2020.

Além disso, Trump assinou decretos estendendo a moratória sobre empréstimos estudantis, diferindo o pagamento do imposto sobre a folha de pagamento para pessoas que ganham menos de US$ 100 mil por ano e ajudando inquilinos e proprietários de casas.

Vale ressaltar que com suas ações o presidente Trump violou a Constituição do país, segundo a qual é o Congresso dos Estados Unidos quem decide sobre os gastos do governo.

Fontes

Compartilhe
essa notícia: