Tribunal de Apelação dos EUA libertou Osipova de Kaliningrado

6 de novembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Tribunal de Apelação dos Estados Unidos decidiu pela libertação imediata de Bogdana Osipova, uma mulher de Kaliningrado, que já havia cumprido uma sentença de 36 meses por sequestrar seus próprios filhos. O segundo veredito da mulher russa foi anunciado por videochamada.

A decisão foi publicada no site oficial do tribunal na quarta-feira. Anteriormente, o Tribunal Distrital do Kansas insistiu que Osipova fosse pessoalmente ouvir um novo veredicto na cidade de Wichita e recusou uma petição para sua libertação imediata.

Em 2014, Osipova, estando grávida, levou sua filha dos EUA para a Rússia sem o consentimento do cônjuge, um cidadão estadunidense, o que é inaceitável pela legislação. Ela também foi acusada de extorsão. A mulher foi presa em 2017. Em 2019, foi condenada a sete anos de prisão e, depois que as acusações de extorsão foram retiradas, a pena foi reduzida para três anos.

Fontes

  Апелляционный суд в США освободил калининградку Осипову, обвинённую в похищении собственных детейKlops, 6 de novembro de 2020

Compartilhe
essa notícia: