TSE faz um desafio a hackers do Brasil

Brasil • 13 de setembro de 2009

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O Tribunal Superior Eleitoral do Brasil, para avaliar a segurança das urnas eletrônicas, criou um desafio curioso. O TSE vai pagar de $1 000 a $5 000 para quem conseguir burlar a segurança das máquinas eleitorais. O Tribunal irá premiar as três pessoas que conseguirem violar as urnas ou quem tiver a ideia mais interessante para tentar fazê-lo. O órgão acredita que a segurança das voytações eletrônicas é máxima, e por isso vai contemplar as ideia mais interessantes.


Todos que se dispuserem a dar sua contribuição e participar desses testes receberão certificados. As três contribuições consideradas mais relevantes serão premiadas com R$ 5 000, R$ 3 000 e R$ 2 000.

—Giuseppe Dutra Janing, secretário de Tecnologia da Informação do TSE

O requisito para participar dos testes é ter mais de 18 anos. Os interessados devem enviar uma correspondência registrada ou se inscrever pessoalmente, informando os dados pessoais e procedimentos que pretende realizar para violar a máquina. Os testes serão realizados entre 10 e 13 de novembro e os resultados divulgados em 20 de novembro.

Fontes