Ruth Bader Ginsburg luta contra o câncer

19 de julho de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Ruth Bader Ginsburg
Ruth Bader Ginsburg em 2019

A juíza da Suprema Corte dos EUA, Ruth Bader Ginsburg, disse que começou a quimioterapia para combater a recorrência do câncer.

Segundo sua declaração, a imunoterapia não deu resultados positivos, mas a quimioterapia foi mais eficaz. Em uma declaração, Ginsburg enfatizou: “Costumo dizer que continuaria sendo um membro do Tribunal enquanto pudesse trabalhar bem. Eu mantenho a capacidade de fazer isso”.

O estado de saúde de Ginsburg, de 87 anos, líder dos juízes liberais da Suprema Corte, chama atenção. Se ela deixar o tribunal, o presidente republicano Donald Trump poderá nomear advogados conservadores em seu lugar.

Ginsburg tornou-se membro da Suprema Corte dos Estados Unidos em 1993. Ela já havia sido diagnosticada com câncer quatro vezes.

Fontes