Rússia não é mais membro do Conselho da Europa

16 de março de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A Rússia não faz mais parte do Conselho da Europa, a principal organização de monitoramento de direitos humanos do continente, após a invasão da Ucrânia.

Na terça-feira, a Rússia anunciou que iria sair, e na quarta-feira o COE de 47 nações tornou oficial.

Após a decisão, membros do COE saíram da sede da organização em Estrasburgo e baixaram a bandeira russa, encerrando um relacionamento de 26 anos.

“Somente as ações da Rússia levaram a esse resultado”, disse a ministra sueca das Relações Exteriores, Ann Linde. “Esperamos sinceramente que a Rússia um dia retorne aos ideais de paz e democracia e reconquiste sua adesão.”

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, acusou os membros da OTAN e da UE no COE de "abusar de sua maioria no conselho, transformando-o em uma ferramenta para a política anti-russa".

A Ucrânia é um estado membro do COE.

Seu ministro das Relações Exteriores, Dmytro Kuleba, disse que “não há lugar para a Rússia nos órgãos europeus, pois trava uma guerra bárbara de agressão contra a Ucrânia e comete vários crimes de guerra.”

Fontes