Programa Impressões, da TV Brasil, entrevista Adolfo Sachsida

Agência Brasil

3 de maio de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

“Dinheiro para a saúde não vai faltar”, garante o secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida. Em entrevista ao programa Impressões, da TV Brasil, que vai ao ar no próximo domingo, dia 3 de maio, às 22h30, Sachsida afirmou que esta foi uma determinação de Jair Bolsonaro.

“Salvar vidas é a prioridade número um. A prioridade dois é salvar empregos e empresas”, disse. Sachsida destacou que o Brasil é um dos países que mais está gastando com medidas de saúde e preservação econômica.

Enquanto países ricos têm dispendido, em média, 3,1% do Produto Interno Bruto (PIB), o Brasil está pagando 4,1% do valor das riquezas produzidas no território nacional em estratégias de combate aos efeitos da pandemia.

“Nosso planejamento foi desenhado para manter toda a estrutura por três a quatro meses. Se a pandemia insistir, novas medidas serão tomadas para não permitir que a base produtiva desapareça”, afirmou.

Fonte