Presidente de Honduras conversa com Benjamin Netanyahu

21 de setembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O presidente de Honduras, Juan Orlando Hernández, anunciou no domingo que está em andamento uma "aliança estratégica" com Israel, que inclui a abertura de sedes diplomáticas em Tegucigalpa e Jerusalém. O anúncio foi ratificado em um comunicado conjunto que definiu a data de abertura das embaixadas antes do final de 2020.

Hernández informou sobre uma conversa telefônica com o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, a quem ligou para parabenizá-lo pela celebração do Ano Novo Judaico, que é celebrado em todo o mundo.

No Twitter, Israel publicou uma foto na qual os dois líderes apertam as mãos, a legenda afirma: “O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e o presidente Juan Orlando Hernández falaram em 20 de setembro de 2020, reafirmando que Honduras e Israel estão amigos próximos e fazem parte de uma aliança de apoio recíproco, tanto econômico quanto político”.

Em dezembro de 2018, o governo de Honduras informou pela primeira vez que estava analisando a possibilidade de mudar sua embaixada da cidade de Tel Aviv para Jerusalém e três meses depois, a decisão foi confirmada pelo presidente Hernández.

Honduras se tornaria, assim, o terceiro país a instalar sua sede diplomática naquela cidade, seguindo os passos dos Estados Unidos, a primeira nação a fazê-lo depois de reconhecer Jerusalém como capital de Israel. A Guatemala também tomou a mesma medida.

Como parte desse processo de fortalecimento das relações, os dois governos inauguraram em 1 de setembro de 2019, um escritório de comércio e cooperação hondurenho em Jerusalém, que contou com a presença de ambos os líderes.

Reciprocamente, o governo de Israel inaugurou em 20 de agosto desse ano um escritório israelense de cooperação comercial em Tegucigalpa, que foi considerado mais um passo no fortalecimento das relações bilaterais.

Fontes