Príncipe Andrew vira réu em caso de abuso de menores

10 de agosto de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 


Virginia Roberts Giuffre está processando o Príncipe Andrew por abuso sexual, informou a imprensa ontem.

Virginia foi uma das vítimas do pedófilo e predador sexual Jeffrey Epstein, que se suicidou na prisão em 2019, pouco antes de seu caso começar a ser julgado.

O advogado de Virginia entrou com o processo no mesmo tribunal federal de Manhattan onde o caso de Jeffrey estava tramitando à época de sua morte.

Virgínia tinha entre 16 e 17 anos de idade, quando, segundo seu testemunho, era obrigada a manter relações sexuais como uma "escrava sexual" de Jeffrey. Entre um de seus abusadores, segundo a vítima, estava Andrew, terceiro filho da Rainha Elizabeth II.

Num comunicado, Virginia disse que "estou responsabilizando o príncipe Andrew pelo que ele fez comigo. Os poderosos e os ricos não estão isentos de serem responsabilizados por suas ações. Espero que outras vítimas vejam que é possível não viver em silêncio e medo, mas pode-se recuperar sua vida falando e exigindo justiça".

Andrew sempre negou que conhecesse Virginia e ontem sua defesa informou que ele não faria novas declarações sobre o assunto.

Referências

Fontes