Obama nomeia primeira latina para o Supremo dos Estados Unidos

Estados Unidos • 27 de maio de 2009

Obama e Sotomayor.
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, nomeou ontem uma mulher hispânica, juíza do Tribunal de Apelação, para substituir um juiz do Supremo Tribunal, demissionário.

O presidente Obama anunciou na Casa Branca, a escolha de Sónia Sottomayor, que classificou como uma mulher de muita inspiração. Se for confirmada pelo Senado, Sónia Sottomayor, de 54 anos de idade, será a primeira mulher hispânica no Supremo Tribunal dos Estados Unidos, de 9 membros.

Obama disse que Sottomayor traz consigo conhecimentos, experiências, assim como sabedoria, acumulada durante a sua carreira jurídica cheia de inspiração.

Sónia Sottomayor, que nasceu em Nova Iorque, de pais oriundos do Porto Rico, vai ocupar o lugar do Juiz David Souter, que pediu a exoneração depois de 19 anos no Supremo Tribunal.

Sotomayor classificou a sua nomeação como uma honra que aceitava com a mais profunda humildade. Prometeu não esquecer as consequências que irão ter as suas decisões na vida real dos indivíduos, dos negócios ou dos governos, afectados.

O líder republicano do Senado, Mitch McConnell, disse que o partido da minoria iria examinar a carreira da juíza Sottomayor, antes de votar para a sua confirmação, afim de assegurar que os seus pontos de vista pessoais não constituirão obstáculo para decisões acertadas.

Fonte