ONU anuncia iniciativa para a protecção dos oceanos

13 de agosto de 2012


Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, lançou neste domingo em Yeosu, Coreia do Sul, um apelo à comunidade internacional para salvar os oceanos, com o anúncio de uma iniciativa para a protecção dos oceanos, a “Compacto Oceanos”.

A iniciativa tem como objectivo tornar mais simples e eficaz a coordenação dos vários esforços mundiais na preservação dos oceanos, incluindo a preservação das espécies ameaçadas pela pesca, recuperação dos habitats oceânicos e dos recursos naturais.

“Os mares e oceanos albergam alguns dos ecossistemas da Terra mais vulneráveis e importantes, mas a biodiversidade que alojam está sujeita a uma pressão que continua a aumentar” disse Ban Ki-moon, reforçando ainda que "arriscamos mudanças irreversíveis em processos que ainda não compreendemos integralmente, como se verifica com as alterações do clima".

Vai ser criada uma comissão de alto nível, composta por políticos, cientistas e oceanógrafos, representantes do sector privado e da sociedade civil, assim como membros de organizações das Nações Unidas para a elaboração de uma proposta de um Plano de Acção

Á semelhança do que aconteceu com o Protocolo de Quioto, até 2025, os países devem fixar metas de redução emissões poluentes e pelo menos dez por cento das áreas marinhas e costeiras devem estar sob medidas de protecção.

Fontes