Navio egípcio afunda no Mar Vermelho com mais de 1300 pessoas a bordo

Wikipedia-logo-v2.svg
Na Wikipédia há um artigo sobre Al Salam Boccaccio 98.

3 de fevereiro de 2006

Localização do Mar Vermelho.
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Um navio egípcio com mais de 1.400 pessoas a bordo afundou na manhã desta sexta-feira (3) no Mar Vermelho, pouco depois de zarpar do porto de Duba, na Arábia Saudita, a 40 milhas do porto egípcio de Hurghada.

Até as 15:00 UTC tinham sido resgatados cem sobreviventes do naufrágio e recuperados 335 cadáveres, desde que helicópteros de resgate avistaram os corpos boiando nas imediações do lugar do naufrágio, às 00:00 UTC da quinta-feira (2), quando foi perdido contato com o barco e sua imagem desapareceu das telas dos radares.

O destino do navio era Safaga, ao sul do Egipto. Muitos dos passageiros eram peregrinos que retornavam de Meca. Segundo o ministro egípcio de transportes, o navio cumpria com as medidas de segurança necessárias e não superava o número máximo de passageiros permitido. Segundo o proprietário da companhia armadora, o barco tem 25 anos e está registrado no Panamá.

Fontes