Nancy Pelosi apresenta iniciativa que questiona capacidade do presidente

10 de outubro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, e o parlamentar democrata Jamie Raskin anunciaram na sexta-feira (9) a introdução de uma proposta de lei visando retirar o presidente das suas funções por motivos de saúde.

Pelosi anunciou a iniciativa depois de ter convocado o governo a dar mais informações sobre a saúde de Donald Trump, que recentemente foi diagnosticado com a COVID-19.

“Claramente, ele está sob medicação. Qualquer um de nós que esteja sob medicação para este tipo de doença encontra-se num estado alterado”, afirmou Pelosi a repórteres no Capitólio.

“Não se trata do presidente Trump, ele vai enfrentar o julgamento dos eleitores, mas mostra a necessidade de criarmos um processo para os futuros presidentes”, justificou ela.

Em resposta, no Twitter, o presidente Trump escreveu que “a louca Nancy Pelosi está a usar a 25ª emenda para substituir Joe Biden por Kamala Harris”.

A 25ª emenda constitucional, que garante a continuidade do governo em momentos de crise, afirma que se a maioria dos membros do governo declarar o presidente incapaz, o vice-presidente da Casa Branca deve assumir de forma interina.

Opositores do presidente têm considerado há algum tempo a possibilidade de invocar a emenda, mas a introdução da proposta neste momento, no entanto, parece ter a intenção de chamar a atenção do público para a saúde de Trump e como ele lidou com a pandemia.

No entanto, não há qualquer sinal de que o vice-presidente Mike Pence esteja disposto a participar na iniciativa para substituir o presidente.

Fontes

Compartilhe
essa notícia: