Mu: a nova variante do coronavírus Covid-19

5 de setembro de 2021

Modelo atômico cientificamente preciso da estrutura externa do SARS-CoV-2. Cada "bola" é um átomo
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Funcionários da Organização Mundial da Saúde (OMS) no início desta semana designaram a variante do coronavírus conhecida como mu ou “B.1.621” como uma “variante de interesse”, tornando-se a quinta variante a ser monitorada pelo órgão de saúde global.

O Dr. Anthony Fauci disse na quinta-feira que as autoridades de saúde pública dos Estados Unidos estavam "observando de perto" uma nova variante do coronavírus que causa o COVID-19, detectado pela primeira vez na Colômbia.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que a nova variante do coronavírus 'Mu' apresentava sinais de possível resistência às vacinas e que a variante foi identificado em mais de 39 países, entre eles Estados Unidos, Coréia do Sul, Japão, Equador, Canadá e partes da Europa.

O Centro de Recursos do Coronavírus Johns Hopkins disse no sábado à noite que registrou quase 220,2 milhões de infecções globais por COVID-19 e 4,6 milhões de mortes. O centro disse que 5,4 bilhões de vacinas foram administradas.

Fontes