Mourão reitera necessidade de intensificar privatizações no país

Agência Brasil

Vice-presidente da República eleito, Hamilton Mourão

30 de novembro de 2018

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O vice-presidente da República eleito, Hamilton Mourão, reiterou ontem (29) que o futuro governo está determinado a intensificar os processos de privatização no país. Segundo Mourão, a intenção é buscar na iniciativa privada o que não é possível no setor público. A afirmação foi feita para um grupo de empresários e engenheiros no auditório da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em Brasília.

“Se eu não tenho condições de fazer a manutenção de uma rodovia, basta um contrato decente. Temos que romper a discussão ideológica [sobre cobrança de pedágio] e [que] a gente trafegue sem risco em estradas bem mantidas”, disse Mourão.

O vice-presidente não mencionou áreas nem empresas, mas confirmou a necessidade de aumentar as parcerias entre as iniciativas públicas e privadas.

Segundo o vice-presidente, as obras de maior porte e mais recentes ocorreram no final do período militar, e o Brasil acumulou equívocos como a decisão de investir em apenas um modal de transporte – o rodoviário. “Somos reféns de uma classe [rodoviária]. Temos que nos voltar para todos os modais e precisamos da nossa engenharia.” Ele ainda mencionou que empreiteiras brasileiras cometeram “erros” no passado, mas precisam voltar a atuar no país. “Vamos apagar o que ficou e recuperar nossas empresas”, disse. “Vamos voltar a ter orgulho de sermos brasileiros. Deixar de ser o país do futuro e entrar nesse futuro.”

Fonte

Compartilhe
essa notícia: