Morre Vadão, ex-técnico da Seleção Brasileira Feminina de Futebol

25 de maio de 2020

Vadão após a conquista da Copa América 2014 (à direita)

Oswaldo Fumeiro Alvarez, mais conhecido como Vadão, ex-técnico da Seleção Brasileira Feminina de Futebol, morreu hoje à tarde em São Paulo. Ele tinha 63 anos e estava internado há cerca de três semanas para o tratamento de um câncer no fígado, descoberto ano passado.

Seu último compromisso com a Seleção foi em 2019, na Copa do Mundo da França.

A CBF e o COB emitiram notas de pesar em seus websites, expressando seu pesar e desejando condolências a seus familiares. "Vadão teve duas passagens pela Seleção Brasileira, totalizando quatro anos e quatro meses de trabalho. O técnico foi importante peça na reestruturação da equipe feminina ao liderar um trabalho que culminou no quarto lugar nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Além da conquista de duas Copas Américas, em 2014 e 2018, e a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015. Também liderou a Canarinho em duas Copas do Mundo, no Canadá em 2015 e França 2019. O trabalho foi reconhecido pela FIFA e, em duas oportunidades, Vadão concorreu ao título de Melhor Treinador do Mundo, nas temporadas 2015/16 e 2017/18", reforçou a CBF.

Notícia Relacionada

Fontes

Compartilhe