Militares se rebelam no Norte da Venezuela, mas são rendidos

6 de agosto de 2017

As Forças Armadas venezuelanas controlaram no domingo uma rebelião militar no estado de Carabobo, na Venezuela, que procurou "restaurar a ordem constitucional", logo após a instalação de um órgão legislativo, a Assembléia Nacional Constituinte, com poderes especiais, que foi criticada. afronta à democracia.

Em um vídeo, um grupo de cerca de 20 homens vestidos como soldados carregando armas longas acompanha um porta-voz que se identifica como "capitão Juan Caguaripano" e "comandante da Operação David Carabobo", que afirmou se declarar "em rebeldia" contra "a tirania assassina de Nicolás Maduro". Além disso, ressaltou que não se trata de um "golpe de Estado".

Fontes

Compartilhe