Militares de Burkina Faso anunciam que depuseram o presidente

25 de janeiro de 2022

O presidente deposto Roch Marc Christian Kaboré (2018)
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Soldados de Burkina Faso, nação da África Ocidental, dizem que derrubaram o presidente Roch Marc Christian Kaboré e que uma junta militar agora controla o país.

Mais de uma dúzia de soldados amotinados apareceram na televisão estatal na segunda-feira para fazer o anúncio e disseram que a revolta foi realizada sem violência.

O capitão Sidsore Kaber Ouedraogo disse que os novos líderes militares trabalharão para criar um calendário "aceitável para todos" para a realização de novas eleições.

O desenvolvimento segue relatos de intensos combates perto do palácio presidencial na capital, Ouagadougou.

O paradeiro de Kabore não é claro. Relatos na segunda-feira disseram que ele foi detido por soldados amotinados junto com outros membros de seu governo.

Um anúncio assinado pelo tenente-coronel Paul-Henri Sandaogo Damiba disse na segunda-feira que os detidos estavam em um local seguro.

A declaração culpou Kabore por não conseguir unir a nação e disse que ele não respondeu efetivamente aos desafios do país.

O partido de Kabore disse anteriormente que ele sobreviveu a uma tentativa de assassinato, mas não deu mais detalhes.

Fontes