Líder da oposição tanzaniana refugia-se na casa do embaixador alemão

7 de novembro de 2020

O candidato da oposição à presidência da Tanzania Tundu Lissu disse ter-se refugiado na residência do embaixador da Alemanha em Dar es Salaam depois depois de receber ameaças de morte.

Lissu que como dirigente do partido da oposição Chadema foi o principal opositor do presidente John Magufuli nas eleições de 28 de Outubro disse que começou a receber ameaças de morte imediatamente após as eleições,

Lissu disse aguardar agora por negociações entre a embaixada e o governo “para nos permitir viajar para o estrangeiro”.

Não houve reacção por parte da embaixada alemã .

Um porta-voz da polícia disse não haver ameaças contra Lissu e desconhecer que ele se tenha refugiado na residência do embaixador alemão.

O porta-voz disse que Lissu tinha gozado de protecção policial no período que antecedeu as eleições e acusou o candidato da oposição “de inventar ameaças porque não há ameaças contra ele”.

Em 2017 Lissu ficou gravemente ferido num atentado em que foi atingido a tiro 16 vezes num caso que nunca foi resolvido.

Ele e vários outros dirigentes da oposição foram brevemente detidos esta semana depois de pedirem manifestações pedindo a repetição das eleições que alegam terem sido fraudulentas.

Fontes

Compartilhe