Japonês esconde mais de 400 cartões postais na neve

5 de janeiro de 2006

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Um estudante de 18 anos do ensino secundário, que trabalha durante meio período no escritório do serviço postal japonês na cidade de Obanazawa, Yamagata, noroeste do Japão, pode ser processado por violar as leis postais.

Tudo começou em 1 de janeiro passado, quando dezenas de habitantes da localidade se queixaram no posto dos Correios de Obanazawa por não terem recebido seus tradicionais e habituais postais de Ano Novo (ou nengajō, 年賀状, em japonês).

Na quarta-feira (4), o serviço postal pediu desculpas aos cidadãos, depois de descobrir que um jovem tinha ocultado na neve mais de 600 correspondências, entre as quais 429 cartões postais de Ano Novo, não entregues a seus destinatários.

O jovem tinha ganho o emprego de meio período para fazer a entrega da correspondência. No Japão os serviços postais costumam contratar trabalhadores de meio período, que em sua maioria são estudantes.

Ao invés de entregar toda a correspondência em cerca de 200 lares, o rapaz resolveu que seria melhor escondê-la em sua própria casa ou num lugar desabitado. Ele disse a seus superiores que fez isso porque "eram muitas cartas" e o "trabalho parecia cansativo". Os papéis, cartas e postais sofreram muitos danos.

O escritório postal de Obanazawa despediu o jovem e planeja acusá-lo formalmente perante o Escritório do Promotor Distrital.


Fontes