Iémen: Hamas declara seu apoio ao Presidente

2 de abril de 2015

Abd Rabbuh Mansur Hadi
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Cerca de uma semana depois da Arábia Saudita ter formado uma coligação militar contra os rebeldes Houthi no Iémen(PT) ou Iêmen(BR), o Hamás declarou o seu apoio para o presidente Abd Rabbuh Mansur Hadi. No entanto, o Hamas não inclui na sua declaração o seu apoio à operação militar saudita no Iémen.

Quarta-Feira passada, a Arábia Saudita anunciou o início da Operação Tempestade Decisiva. Este último foi lançado depois que os rebeldes Houthi, que são apoiados pelo Irão(PT) ou Irã(BR), tomou o controlo de Áden e seus símbolos de autoridade. Assim, Quarta-Feira, 25 de Março, a Arábia Saudita anunciou a formação de uma coalizão sob sua liderança tem sido acompanhado por uma dúzia de países árabes sunitas, incluindo o Egito, Jordânia, Catar e os Emirados Árabes Unidos. Ao contrário do Hamás, as autoridades palestinas declararam o seu apoio para a operação Arábia no mesmo dia.

Forçado a tomar uma decisão difícil, Hamas emitiu uma declaração de apoio ao presidente Hadi, enquanto não apóia diretamente a operação saudita. Declaração de que parece ter criado um ponto de virada nas suas relações com o Irão(PT) ou Irã(BR).

Notícias Relacionadas

Fontes