Guiné-Bissau: Palácio do Governo é bloqueado pelas Forças Armadas após tiroteios

1 de fevereiro de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Agência VOA

A polícia e as Forças Armadas da Guiné-Bissau bloquearam o Palácio do Governo depois de tiros terem sido disparados no seu interior na manhã desta terça-feira, 1 de fevereiro.

Os disparos aconteceram durante a reunião do Conselho de Ministros, que foi presidida pelo chefe de Estado e em que estava também o primeiro-ministro Nuno Gomes Nabiam.

As autoridades não se pronunciaram ainda e as informações são praticamente inexistentes.

No entanto, a Rádio Bonbolom FM, com sede em Bissau, avançou que duas pessoas, pelo menos, terão sido mortas, uma informação que a VOA não conseguiu ainda confirmar junto das autoridades que continuam em silêncio.

Desconhecem-se por agora o paradeiro do Presidente e do primeiro-ministro, os autores dos disparos, as eventuais vítimas e os motivos dos tiros.

Fonte