Greenpeace recolhe assinaturas para proteger a Amazônia e promover energia renovável

Agência Brasil

Brasil • 20 de setembro de 2009

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram


Representantes do Greenpeace estiveram hoje (20) na Feira dos Importados para coletar assinaturas de apoio para uma petição brasileira contra o desmatamento da Amazônia, pela proteção de áreas marinhas e por investimentos na geração de energia elétrica de fontes renováveis.

A organização não-governamental (ONG) de atuação no mundo inteiro quer que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresente a posição brasileira na conferência do clima, que será realizada em Copenhague, na Dinamarca, no final deste ano, segundo informou Bárbara Beatriz, do Greenpeace.

Ela disse que a coleta de assinaturas está sendo feita também em outras capitais do país, para referendar a petição com o maior número possível de brasileiros preocupados com o futuro do planeta para nossos descendentes.

A petição brasileira tem três objetivos básicos, segundo ela: zerar o desmatamento da Amazônia até 2015, transformar pelo menos 30% da costa marinha em áreas de proteção ambiental até 2020 e investir em energia elétrica de fontes alternativas (eólica e solar, principalmente) de modo a garantir o abastecimento mínimo de 25% da energia do país.

Fontes