França declara "epidemia de dengue" em seus territórios ultramarinos

23 de outubro de 2020

link=mailto:?subject=França%20declara%20"epidemia%20de%20dengue"%20em%20seus%20territórios%20ultramarinos%20–%20Wikinotícias&body=França%20declara%20"epidemia%20de%20dengue"%20em%20seus%20territórios%20ultramarinos:%0Ahttps://pt.wikinews.org/wiki/Fran%C3%A7a_declara_%22epidemia_de_dengue%22_em_seus_territ%C3%B3rios_ultramarinos%0A%0ADe%20Wikinotícias Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

De 4 de novembro de 2019 a 27 de setembro de 2020, 20.520 casos suspeitos de dengue foram notificados na Martinica, incluindo oito casos graves e dez mortes. Destes casos, 7.790 casos, incluindo um caso grave e sete óbitos, foram notificados em setembro de 2020. As informações epidemiológicas dos dez óbitos indicam uma taxa de mortalidade mais elevada para as mulheres, com uma relação homem/mulher de 0,25: 1. Quatro das mortes ocorreram na faixa etária de 0 a 30 anos, três na faixa etária de 30 a 44 anos, duas na faixa etária de 45 a 64 anos e uma na faixa etária acima de 65 anos. As principais comorbidades relatadas entre os casos fatais foram hipertensão arterial, obesidade e doença falciforme. O sorotipo 3 do vírus da dengue foi identificado na maioria dos casos.

As autoridades francesas também relataram um aumento no número de casos de dengue em Guadalupe, São Martinho e São Bartolomeu nos últimos meses.

De acordo com as autoridades de saúde francesas, a partir de 27 de setembro de 2020, Martinica, Guadalupe, São Martinho e São Bartolomeu encontram-se em fase epidêmica.

Os viajantes da União Europeia e residentes nas áreas afetadas devem usar medidas de proteção pessoal contra picadas de mosquitos. É esperada a ocorrência de novos casos autóctones nas Antilhas Francesas, visto que as condições ambientais são favoráveis ​​à transmissão contínua. A circulação simultânea de vários sorotipos da dengue pode aumentar o risco de apresentações clínicas mais graves da doença.


Notícias Relacionadas

Fontes

Nota: o ECDC libera seu conteúdo para reprodução, desde que citada a fonte, conforme seu copyright.