Filha de Zuzu Angel acusa Wikipédia de "proselitismo político e ideológico"

5 de setembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Tudo aconteceu devido a uma - ou mais - edições no artigo de Abdias do Nascimento. Segundo Hildegard Angel, filha de Zuzu Angel, a viúva de Abdias, Elisa, se queixou de que "a biografia de Abdias foi profanada por indivíduos ou grupos provavelmente interessados em desvirtuar a história do grande homem, reduzindo-a a momentos desimportantes de sua trajetória pessoal, como se quisessem desmerecê-lo". Hildegard também relatou, em seu artigo para o Jornalistas pela Democracia, replicado no Brasil 247, que "Elisa não sabe em que porta bater para reclamar à Wikipedia, nem a quem escrever, muito menos para qual endereço. Pois esses dados não estão disponíveis na internet".

A "Wikipedia, hoje o veículo mais procurado para consultas imediatas e superficiais, não pode ser usada como instrumento de proselitismo político e ideológico. Nem pode nem deve ser usada para reescrever a História do Brasil através da redução biográfica de seus personagens", escreveu ainda, adicionando que "nesta hora em que o Governo brasileiro já expressou explicitamente seu desejo de reescrever a História do Brasil à sua maneira (...) curiosamente acontece o ataque virtual à biografia de Abdias Nascimento".

No entanto, no grupo Contribua com a Wikipedia no Facebook, onde um tópico sobre o assunto foi criado, os internautas não acharam diferenças importantes no artigo que motivassem as reclamações de Hildegard e Elisa.

No artigo em si, na página da Discussão (acesse aqui: Abdias do Nascimento - Discussão) - onde Elisa poderia ter postado sua "queixa" - o moderador Jo Lorib explicou que o artigo "estava virando guerra de edições" e por isto o "foi protegido por 30 dias. Nada na discussão do artigo é anterior à matéria no 247; ninguém usou nenhuma das páginas de contato da Wikipédia, a jornalista não procurou nenhum contato para conhecer o outro lado, como seria normal".

Quem é quem?

O Brasil 247 descreve Hildegard como "jornalista, ex-atriz, filha da estilista Zuzu Angel e irmã do ex-militante político Stuart Angel Jones. Stuart, por sua vez, foi uma das vítimas do Regime Militar no Brasil. Preso, torturado e morto, ele foi dado como "desaparecido", o que fez sua mãe Zuzu virar uma ativista anti-Regime Militar. Ela faleceu num acidente de carro em abril de 1976, mas apenas em 2014 a Comissão Nacional da Verdade recebeu de Cláudio Antônio Guerra, ex-agente da repressão do DOPS, a confirmação da participação dos agentes da repressão na morte de Angel.

O que a Wikipedia é?

A Wikipedia é uma enciclopédia livre, ou seja, que qualquer um pode editar - respeitando, claro, diversas normas, como o uso do português correto, estilo Wiki adequado, o uso de referências e etc. Assim, o artigo em questão pode - e até deve - ser editado por outros, já que não pertence à Elisa ou a qualquer outra pessoa ligada à Abdias que o tenha criado. Fatos considerados negativos por sua viúva, sendo verídicos e verificáveis, não podem, de fato, ser omitidos no artigo - ou não deveriam.

Atualmente, o artigo traz, no início, o seguinte aviso "este artigo foi avaliado automaticamente com qualidade 3", e, considerando que o nível de qualidade máximo é 9, parece óbvio que ele ainda pode ser editado para ser melhorado.

Quando chega à "qualidade 9", um artigo é considerado "completo".

Fonte