Fase aguda da crise passou mas Brasil precisa superar sequelas, diz economista

Agência Brasil

Brasil • 17 de setembro de 2009

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O ex-ministro da Fazenda Marcilio Marques Moreira disse hoje que a crise já passou, sobretudo a fase mais aguda. Ele advertiu porem que deixou sequelas que o Brasil deve superar.

Como exemplo ele citou que os investimentos estão muito baixos e o comércio exterior está prejudicado pela queda dos fluxos do comércio internacional.


Temos, sobretudo, que olhar para o pós-crise, porque este mundo vai ser diferente, vai ser mais competitivo, mais intensivo em conhecimento e mais sensível ao meio ambiente. E nós, me parece, não estamos nos preparando de maneira suficiente para encarar e enfrentar essas novas realidades.

—Marques

Segundo o economista, o Brasil deve dar prioridade à educação e à logística. “O custo Brasil tem que ser diminuído para que os nossos produtos sejam competitivos”.

Ele afirmou, nesse sentido, que o governo deve dar continuidade às reformas estruturais. “O marco regulatório tem que ficar também mais firme e mais confiável”, disse.

Marques Moreira participou hoje do Fórum Especial promovido pelo Instituto Nacional de Altos Estudos (Inae), na sede do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Fontes