Explosão mata policial na Espanha; ETA é principal suspeita

19 de junho de 2009

Uma bomba colocada em um carro explodiu nesta sexta-feira (19) na cidade espanhola de Arrigorriaga, na Província de Vizcaya, matando um policial da brigada antiterrorista. Segundo o jornal El País, o atentado foi executado pelo ETA (Euskadi Ta Askatasuna).

A bomba explodiu às 9h05 do horário local (7h05 UTC) em um estacionamento no bairro de Santa Isabel, disse a polícia do País Basco. O local seria próximo a residência de Eduardo Puelles García, inspetor-chefe do Grupo de Brigada de Informação da Polícia Federal na cidade de Bilbao. Até agora, o ETA não assumiu o ataque. O último ataque do ETA com morte foi o assassinato de um empresário basco em dezembro de 2008.


Fontes

Compartilhe