Ex-militar de alto escalão que espionava para o Azerbaijão preso na Armênia

2 de outubro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Na Armênia, um ex-militar de alto escalão é acusado de alta traição e espionagem para o Azerbaijão.

O armênio ocupou cargos de responsabilidade no Ministério da Defesa por muitos anos, onde supostamente coletou informações contendo segredos de Estado a fim de transferir para estrangeiros em detrimento da integridade territorial e da segurança da Armênia.

Na Geórgia, ele foi recrutado por representantes dos serviços especiais do Azerbaijão e recebeu instruções para obter informações sobre a segurança de Artsaque e da Armênia, incluindo sobre o número de militares, o número e tipos de armas, equipamento militar, etc.

O ex-soldado foi acusado de acordo com a parte 1 do Artigo 299 (alta traição), a prisão foi escolhida como medida preventiva.

Durante as buscas na casa do acusado, foi encontrada e confiscada grande quantidade de munições — granadas, explosivos, cartuchos, além de documentos importantes e contendo segredos de Estado. No apartamento do acusado foram encontrados um transmissor de rádio e números de telefone dos serviços especiais do Azerbaijão.

Na manhã de 27 de setembro, o Azerbaijão atacou a República de Artsaque, os conflitos estão acontecendo ao longo de toda a fronteira. A infraestrutura civil e civis também foram sujeitos a bombardeios e ataques de azerbaijanos.

Fontes

  В Армении арестован шпионивший для Азербайджана бывший высокопоставленный военный — Panarmenian, 2 de outubro de 2020.