Abrir menu principal

Estado Islâmico captura base aérea Síria

24 de agosto de 2014

Militantes do Estado Islâmico foram relatados por terem tomado o controle da base aérea Tabqa, a última fortaleza do governo no norte da Síria província de Raqqa, hoje, depois de vários dias de luta.

Mapa da Síria com a província de Raqqa em luz verde. Imagem:KureCewlik81.

A perda foi confirmada pela televisão estatal síria, que relatou uma "evacuação bem sucedida do aeroporto", e que as forças do governo estão a continuar em operações locais contra "grupos terroristas". Esta é a terceira base militar na província de cair para o grupo extremista nas últimas semanas, depois de relatos de eles apreendem armas durante os seus avanços no vizinho Iraque.

O grupo de monitoramento Observatório Sírio de Direitos Humanos reportou mais de 300 militantes do Estado Islâmico foram mortos nos combates desde terça-feira, com mais de 150 soldados do governo mortos no mesmo período de tempo. Confrontos relatados continuam na área em torno da base.

A base aérea relatada continha várias esquadrilhas de aviões de guerra, tanques e artilharia.

Em outros lugares, os combatentes do Estado Islâmico foram relatados de terem retirado da área em torno de Homs e ter recuado leste, dando-se a área para combatentes da Frente al-Nusra. Outros grupos rebeldes apoiados por países ocidentais também foram lutando contra o Estado islâmico, mas tendem a perder os confrontos.

Os combates em curso é uma continuação da Guerra Civil Síria, que começou em 2011 como protesto em grupos diante das forças leais ao presidente Bashar al-Assad. Combatentes do Estado Islâmico já havia lutado ao lado de outros grupos da oposição, mas o seu tratamento com indivíduos levaram a combates entre eles.

Fontes

Compartilhe essa notícia: