Diferenças entre edições de "Líbano acusa Israel de bombardear edifício em Qana onde morreram 37 crianças"

m
Revertidas edições por Sir Louis Point du Lac Bot, para a última versão por Sir Lestaty de Lioncourt
m (clean up AWB)
m (Revertidas edições por Sir Louis Point du Lac Bot, para a última versão por Sir Lestaty de Lioncourt)
[[ImagemImage:Qana Leban-pt.png|right|220px]]
{{data| 1 de Agosto de 2006}}
Um ataque aéreo [[w:Israel|israelense]] parece ter sido responsável pela demolição de um edifício de três andares no vilarejo de Qana no sul do [[w:Líbano|Líbano]]. Segundo a [[w:Cruz Vermelha|Cruz Vermelha]], morreram pelo menos 28 civis, inclusive 19 crianças, os quais procuravam abrigo no edifício. A [[w:polícia|polícia]] [[w:Líbano|libanesa]] informou um número de mortes duas vezes maior: 56, e que morreram 37 crianças.
 
Durante a reunião, o secretário-geral das [[w:Nações Unidas|Nações Unidas]], [[w:Kofi Annan|Kofi Annan]], disse que precisa haver logo um cessar-fogo e disse: "Nós devemos condenar esta ação nos mais possíveis termos, e eu apelo a vocês para que façam o mesmo".
 
 
===Resposta israelense===
 
O embaixador de Israel Dan Gillerman pediu desculpas e disse em alusão às vítimas de Qana: "Elas são vítimas do terror. Se não houvesse Hizbollah, isto nunca teria acontecido".
 
 
==Fontes==
|pub=AOL News
|fecha=30 de Julho de 2006}}
 
 
[[Categoria:Política e conflitos]]
[[Categoria:Conflito Israel-Hizbollah em 2006]]
[[Categoria:Publicado]]
 
 
[[de:Weltweites Entsetzen über israelischen Angriff auf Kana: 54 Tote]]