Cuba decreta luto pela morte de Juan Almeida Bosque

Agência Brasil

Brasil • 12 de setembro de 2009

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Morreu ontem à noite o terceiro homem mais forte do governo cubano. Juan Almeida Bosque, vice-presidente do Conselho de Estado de Cuba, morreu em Havana aos 82 anos de idade, devido a uma parada respiratória. O veterano foi o único comandante negro da Revolução Cubana (1959).

Nascido em Havana, Juan Almeida conheceu o ex-presidente Fidel Castro quando era estudante universitário no começo da década de 1950. Desde 1965 era membro do comitê central do Partido Comunista Cubano.

Segundo informou a BBC Brasil, o comitê central divulgou nota segundo a qual o país estará de luto neste domingo, das 8h às 20h. Ainda não foi informada a data de enterro, que será feito com honras militares.

Fontes