Covid-19: mortes diárias voltam a passar de 450 no Brasil

25 de janeiro de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Novas 487 mortes por covid-19 foram reportadas ao Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) pelas secretarias estaduais da Saúde hoje, o que significa um novo recorde desde 13 de novembro assado, quando os óbitos diários passaram de 450 pela última vez. Naquela data, 731 novas fatalidades foram reportadas. Antes disto, apenas em 22 de outubro os óbitos haviam passado deste patamar, chegando a 460.

Com as novas mortes, o Brasil alcança hoje 623.843 óbitos acumulados e 24.311.317 casos totais, sendo que destes, 183.722 foram registrados nas últimas 24 horas.

O dado de hoje vem junto com vários outros indicadores da piora da pandemia no país, como o da média móvel, que ontem voltou a passar de 300 pela primeira depois de mais de 2 meses, o país voltar a registrar mais de 350 mortes diárias pela primeira vez desde meados de novembro dias atrás e o fato dos novos casos diários voltarem a passar de 100 mil.

Casos de covid “explodem”

Os novos casos de covid-19 explodiram no Brasil nas últimas semanas. Com isto, apesar das vacinas conterem as mortes, já que previnem o agravamento da doença em cerca de 90% dos casos, com o aumento da quantidade de infectados, o número de mortes também está aumentando.

Este aumento já era esperado e foi adiantado pela Wikinotícias no dia 18 passado, na matéria Covid-19: Brasil registra mais de 350 mortes pela primeira vez desde meados de novembro, onde foi reportado que com o aumento dos casos de covid devido à variante Ômicron, muito mais contagiosa, "apesar das vacinas conterem as mortes, já que previnem o agravamento da doença em cerca de 90% dos casos, com o aumento da quantidade de infectados, o número de mortes também terá um aumento".

Painel comparativo

Período Total de casos Variação Total de mortes
15 a 25/11/21 97.271 - 2.359
15 a 25/12/21 38.851 -251% 1.454
15 a 25/01/22 1.384.114 +3.563% 3.047

Notícias Relacionadas

Fontes