Coreia do Sul vai ampliar proibição a reuniões com mais de quatro pessoas

2 de janeiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Ministro da Saúde da Coreia do Sul, Kwon Deok-cheol, disse neste sábado (2) que a Coreia do Sul estenderá a proibição a reuniões privadas com mais de quatro pessoas em todo o país e estenderá regras de distanciamento social sem precedentes para Seul e áreas vizinhas até 17 de janeiro.

Quan disse que essas medidas são necessárias para reduzir a disseminação do novo coronavírus, que tem levado a um aumento nas mortes. Ele pediu desculpas ao povo, mas agradeceu por sua "unidade e cooperação".

O ministro disse que cerca de 40% dos novos casos estão relacionados com pequenas reuniões. Pouco antes do Natal, as cidades de Seul e Incheon e a província de Gyeonggi decidiram proibir encontros com mais de quatro pessoas, que vai até domingo (3).

Fonte