Abrir menu principal

Começa desmilitarização da RENAMO com algum atraso

Moçambique.

Agência VOA

29 de outubro de 2014

Peritos militares internacionais iniciam hoje, 29, a fiscalização do processo de desarmamento RENAMO, depois do acordo conseguido entre o Governo e o principal partido da oposição. A partir de hoje 93 peritos militares, 23 dos quais estrangeiros, vão começar a trabalhar nas cinco províncias escolhidas para o acompanhamento do desarmamento.

Entretanto, a Equipa Militar de Observadores Internacionais da Cessação das Hostilidades Militares (EMOCHM) em Moçambique continua incompleta. Ainda não estão no país os dois observadores militares americanos e outros dois ingleses, o que terá contribuído para o atraso no arranque dos trabalhos.

FontesEditar

Compartilhe essa notícia: