Campo de sobreviventes recém-descoberto pode explicar o que houve com colônia de Roanoke

22 de novembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Fragmentos de cerâmica recentemente descobertos em um pedaço de terra na Carolina do Norte, Estados Unidos, pertencem aos sobreviventes da malfadada Colônia Perdida, o primeiro assentamento britânico nas Américas. Esta declaração dramática gerou um debate acalorado sobre os 115 meninos e meninas que permaneceram na Ilha de Roanoke, Carolina do Norte em 1587. Em um penhasco com vista para a enseada Albemarle Sound, cerca de 80 quilômetros a oeste da Ilha de Roanoke, uma equipe da First Colony Foundation escavou muitas cerâmicas inglesas, alemãs, francesas e espanholas.

FontesEditar

Compartilhe
essa notícia: