COVID-19: Brasil registra menos de 5 mil mortes por semana pela primeira vez desde o início de maio

27 de setembro

Apesar de um leve aumento de mortes na semana retrasada - o número havia subido de 5.141 óbitos para 5.322 - o Brasil registrou, esta semana, seu primeiro período de sete dias com menos de 5 mil mortes por Covid-19 desde a semana de 03 a 09 de maio. Os dados são do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) e foram divulgados no final da tarde de ontem.

Segundo o Conselho, na Semana Epidemiológica (SE) 39, de 20 a 26 de setembro, 4.874 fatalidades ocorreram no país devido a Covid. A última vez que esta cifra havia sido menor de 5 mil foi no início de maio, quando 3.903 óbitos por Sars-Cov-2 foram registrados.

O número de novas contaminações também baixou esta semana e caiu de 212.553 para 189.751.

Alguns dados comparativos
Semana Epidemiológica Data Número de Óbitos Observação
SE 19 03 a 09 de maio 3.903 A última semana, em muitas, com menos de 5 mil fatalidades
SE 20 10 a 16 de maio 5.006 Mortes, por semana, passam de 5 mil pela 1ª vez
SE 21 17 a 23 de maio 6.380 Mortes, por semana, passam de 6 mil e seguiriam acima disto por 15 semanas seguidas
SE 30 19 a 25 de julho 7.714 O recorde de mortes por semana
SE 36 30 de ago a 05 de set 5.617 Mortes baixam de 6 mil pela primeira vez desde a SE 21
SE 39 20 a 26 de setembro 4.874 Mortes baixam de 5 mil pela primeira vez desde o início de maio

Epidemia sob controle no Brasil?

A queda nos números - ou seu eventual aumento sem grandes proporções - mostra uma tendência para o controle da pandemia de Covid-19 no Brasil nas últimas cinco semanas. A tendência para a estabilidade no país já havia sido levantada pela OMS em meados de agosto, tendo, no entanto, a Organização alertado na época que o número de novas infecções e mortes diárias ainda estava muito elevado.

No Rio Grande do Sul, por exemplo, que com 4.615 mortes lidera o ranking de óbitos na Região Sul, na última atualização da situação, o mapa do estado ficou todo na Bandeira Laranja pela primeira vez em meses, o que indica, segundo o Governo, uma "melhora nos indicadores". A Bandeira Laranja indica "risco médio", enquanto que a Vermelha e Preta indicam risco "alto" e "altíssimo" respectivamente.

O que é a Semana Epidemiológica?

A Semana Epidemiológica é uma convenção de um período de sete dias, que começa sempre num domingo e termina no sábado seguinte.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe