Após Brexit, Amsterdã ultrapassa Londres como centro comercial da Europa

12 de fevereiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Brexit ainda faz suas cobranças ao Reino Unido, que, além de experimentar as dificuldades comerciais com os 27 países da União Europeia após o fechamento de fronteiras alfandegárias, agora viu sua capital Londres perder o título de "centro comercial da Europa".

Segundo o EU Observer, o volume médio de ações negociadas na capital britânica caiu acentuadamente para €8,6 bilhões por dia no mês passado, nos primeiros trinta dias do Brexit, enquanto nas três bolsas de Amsterdã, capital dos Países Baixos, quadruplicou para a média de €9,2 bilhões por dia no mesmo período.

Estimativas indicam que Londres perdeu €6 bilhões de ações de empresas europeias para países da União após o Brexit, oficializado em 1º de janeiro de 2021.

O movimento nas bolsas também afetou o mercado de trabalho, já que segundo estimativas cerca de 7 mil postos de trabalho na área financeira foram fechados no Reino Unido, ao mesmo tempo em que milhares foram abertos nos países do bloco.

Notícia Relacionada

Fontes