Anunciados os vencedores do Prêmio Pulitzer 2020

7 de maio de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Na segunda-feira (4), foram anunciados os vencedores do Prêmio Pulitzer. O prêmio é concedido ao jornalismo dos Estados Unidos. Ao mesmo tempo, existe um segundo colégio que concede prêmios para áreas não relacionadas ao jornalismo — em categorias como ficção, biografias, poesia, música e dramaturgia. Na categoria fotografia de notícias, a agência Reuters venceu com a cobertura dos protestos em Hong Kong.

O prêmio da categoria investigação foi para o correspondente do The New York Times, Brian Rosenthal. O jornal também recebeu um prêmio por uma série de artigos sobre o presidente russo Vladimir Putin: "um conjunto de histórias fascinantes escritas com grande risco e expondo a predação do regime de Vladimir Putin". Entre eles estão artigos sobre a tentativa de assassinato de um funcionário ucraniano em Moscou, o envenenamento do empresário Emilian Gebrev na Bulgária, sobre os interesses russos em conflitos na Líbia e na República Centro-Africana, além do bombardeio de hospitais sírios por aviões russos.

Este ano, o Prêmio Pulitzer de literatura foi concedido ao escritor Colson Whitehead pelo romance O Reformatório Nickel. Seu livro A Estrada Subterrânea já ganhou a categoria ficção em 2017. O drama vendedor foi A Strange Loop, de Michael R. Jackson. Sontag: sua vida e obra, de Benjamin Moser, foi laureado na categoria biografia.

Na categoria jornalismo, os vencedores são Greg Grendon e Ann Boyer. O doce sabor da liberdade de Caleb McDaniel ganhou o prêmio de romance histórico. Jericho Brown ganhou a categoria poesia com a obra Tradição. Na música, a ópera The Central Park Five, de Anthony Davis, venceu.

O Prêmio Pulitzer, considerado o de maior prestígio no jornalismo americano, é concedido desde 1917. O anúncio dos vencedores deste ano foi adiado duas semanas por alguns jornalistas da comissão estarem ocupados cobrindo a pandemia de COVID-19 e não terem conseguido avaliar todos os candidatos. Normalmente, o prêmio é concedido na presença de um grande público na Universidade Columbia, em Nova Iorque. Desta vez, a administradora Dana Kanedi anunciou os vencedores de sua própria casa.

Fontes

Compartilhe
essa notícia: