Afeganistão anuncia morte de um dos líderes da Al-Qaeda

25 de outubro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Afeganistão afirmou neste domingo (25) ter matado Husam Abd al-Rauf, um importante líder da rede terrorista Al-Qaeda, durante uma operação no leste do país. Ele estava na lista dos mais procurados do FBI, a polícia federal estadunidense.

Conhecido pelo nome de guerra Abu Muhsin al-Masri,a morte dele ocorre após semanas de violência, incluindo um atentado suicida assumido pelo Estado Islâmico numa escola perto da capital Cabul, que dexou 24 mortos.

Ele era responsável pela propaganda da rede terrorista no país.

Estes últimos episódios, em particular a morte de al-Masri, podem colocar em risco as negociações de paz entre o Afeganistão e o Talibã, com a mediação dos Estados Unidos, em Doha, capital do Qatar.

A Al-Qaeda não reconheceu ainda a morte do terrorista, nem o governo americano ou a NATO se pronunciaram.

Fontes